Grupos de discussão


Grupo 1 - Design de tarefas

Dinamizadores: Lurdes Serrazina e Isabel Cabrita

O tipo de tarefas que os alunos resolvem influencia o modo como aprendem a pensar matematicamente (Stein, Remillard & Smith, 2007). As tarefas podem ter exigências cognitivas diferentes de acordo com o tipo e nível de pensamento que a sua resolução suscita: memorização, procedimentos sem ou com conexões e fazer matemática (Stein et al, 2007). Assim, no desenho, seleção ou adaptação de tarefas deve ter-se em conta o seu objetivo, considerando que é através da sua resolução, mais do que ... ver texto completo

 

Grupo 2 - As tarefas e a aprendizagem dos alunos

Dinamizadores: António Borralho e Hélia Oliveira

Neste grupo pretende-se discutir diversas questões incidindo sobre a temática das tarefas matemáticas e a aprendizagem, percorrendo os seguintes tópicos:

 

Grupo 3 - Conhecimento matemático das tarefas para ensinar

Dinamizadores: Ana Maria Boavida e José Duarte

É indiscutível que as tarefas matemáticas que o professor propõe na aula não são irrelevantes para as aprendizagens dos alunos. No entanto, é também consensual que por mais significativas e cognitivamente desafiadoras que sejam as tarefas, por si só não garantem uma aprendizagem da Matemática com compreensão. As tarefas não têm vida própria; é o professor que lhes dá vida quando as interpreta e explora com os alunos (Chapman, 2013). Este trabalho pode ser feito de modos muito diferentes, o que pode conduzir ... ver texto completo.